Blog da SSCA

Como abrir uma empresa no agronegócio

Como abrir uma empresa no Agronegócio - Blog da SSCA

O agronegócio é um dos setores no Brasil que está em franco crescimento e oferece excelentes oportunidades para os empreendedores. Você sabe como abrir uma empresa no agronegócio?

As perspectivas para o agronegócio brasileiro são favoráveis em 2022, o setor tem movimentado a abertura de capital nas bolsas brasileiras, sendo que em 2021 foi atingindo o recorde de abertura de capital de empresas do setor agro.

Este cenário se deve ao fato de o mercado no Brasil ser uma das principais economias do mundo, e que neste ano irá se beneficiar dos preços das commodities.

Além disso, a demanda crescente por alimentos, é mais um fator que impulsiona as perspectivas favoráveis para o setor.

Neste artigo, vamos abordar passo a passo como abrir uma empresa no agronegócio para que o empreendedor possa se beneficiar desse momento econômico favorável. Acompanhe a leitura!

Solicite o CCIR

O primeiro passo é identificar se o registro do seu imóvel é municipal, estadual ou federal.

No caso de registro municipal ou estadual, você deverá procurar o órgão local responsável pelo registro de terras ligado à prefeitura ou ao estado.

Caso não haja esse órgão na localidade, o empreendedor deve procurar o INCRA (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) para identificar o registro de matrícula da propriedade rural e regulamentar a ocupação do terreno.

Após isso, é preciso requerer junto ao INCRA, o Certificado de Cadastro de Imóvel Rural (CCIR), que irá comprovar a regularidade do imóvel.

Como Abrir uma empresa no Agronegócio

É possível solicitar o documento em uma das unidades de atendimento do INCRA ou via internet e o prazo para emissão do CCIR é de até 30 dias.

O CCIR é importante pois ele permite que o empreendedor solicite o CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas) para sua empresa.

Além disso, o CCIR é documento apresentação obrigatório em qualquer tipo de negociação do imóvel rural, tais como:

  • Venda;
  • Hipoteca;
  • Arrendamento;
  • Partilha;
  • Outros.

O CCIR contém as informações sobre o empreendedor e a empresa tais como a localização, classificação fundiária do imóvel, área etc.

É importante frisar que para que o CCIR seja emitido, o imóvel rural precisa estar cadastrado no SNCR (Sistema Nacional de Cadastro Rural).

Emissão de ITR e Nirf

Após a emissão do CCIR, o empreendedor precisa acessar o site da Receita Federal para gerar o ITR (Imposto Territorial Rural) e obter o Número do Imóvel na Receita Federal (Nirf).

Com os dados do Nirf, o empreendedor já está apto a formalizar o negócio e emitir o ITR (Imposto Territorial Rural) da área rural, imposto este que é destinado aos imóveis localizados fora da área urbana dos municípios.

Inscrição Estadual ou Municipal

O empreendedor do agronegócio precisa ainda realizar a Inscrição Estadual ou Municipal para obter um número de registro do seu negócio.

Esse procedimento é fundamental para que a empresa esteja cadastrada no Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS) e para que possa prestar conta de todos os produtos e serviços que comercializa.

Para isso, o empreendedor precisa solicitar o registro à Secretaria de Fazenda do Estado ou Município para formalizar o comércio de seus produtos.

Documentos necessários para abrir uma empresa no agronegócio

Após cumprir todos esses passos, o empreendedor do agronegócio pode solicitar a abertura do CNPJ da sua empresa ou carteira de produtor rural.

Para tanto, será necessário reunir os seguintes documentos:

  • Cópias autenticadas em cartório de RG e CPF;
  • Escritura ou documento de posse do imóvel rural;
  • DITR (Declaração de Imposto Territorial Rural);
  • Comprovante de endereço;
  • CCIR e matrícula do imóvel rural atualizada.

Em caso de arrendamento, o empreendedor deverá apresentar também o respectivo contrato que comprova a transação.

Por fim, é preciso solicitar os talões de nota fiscal junto à Secretaria da Fazenda, que será posteriormente enviado ao empreendedor.

Conclusão

O momento atual é favorável para abertura de uma empresa no agronegócio, no entanto os procedimentos são burocráticos, por isso é recomendável contar com ajuda profissional.

A SSCA é uma consultoria líder de mercado que conta com equipe multidisciplinar que está sempre pronta para oferecer as soluções que seu negócio precisa.

Se você ficou com alguma dúvida ou tem interesse em saber mais sobre este assunto, entre em contato conosco pelo formulário abaixo. Teremos prazer em te atender!






    Compartilhe em suas redes sociais: